Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora Faculdade Arnaldo Colégio Arnaldo Colégio Cristo Redentor - Academia de Comércio Colégio Verbo Divino

SVD - ESDEVA»NotíciasDiretoria de ensino Verbita disponibiliza material respondendo aos pais as principais dúvidas a respeito da suspensão de aulas

Detalhe da Notícia

07/04/2020

Diretoria de ensino Verbita disponibiliza material respondendo aos pais as principais dúvidas a respeito da suspensão de aulas

Devido a situação atual e, com isso, a suspensão das atividades presenciais nas unidades de educação básica mantidas pela Esdeva, é natural que apareçam algumas dúvidas e incertezas sobre como lidar com tudo isso. E foi por esse motivo que a diretoria de ensino desenvolveu um material respondendo às principais perguntas feitas pelos pais por meio das redes sociais e e-mail nas unidades Colégio Arnaldo, Colégio Academia e Colégio Verbo Divino. Confira abaixo o material completo: 
 
UM BATE BOLA SOBRE AS DÚVIDAS COMUNS
 
A apreensão com a situação atual, a suspensão das aulas em função de uma pandemia, tem sido também uma preocupação nossa, equipe do colégio. Estamosnós, educadores, famílias e todos, como pessoas comuns, diante de uma situação desafiadora, que nos remete a uma realidade nova e angustiante. A todo momento precisamos nos reinventar para nos adaptar e responder aos novos cenários.
A comunicação eficiente é aquela que aproxima, esclarece e orienta ações coletivas. Nem sempre haverá acordo entre o que acredito e o que escuto, como nem sempre escuto o que realmente está dito, porém, é imprescindível que haja predisposição de ambos para alcançar um campo de consenso possível, mesmo que temporariamente, objetivando o avançar dos processos. As dúvidas favorecem a reflexão das pessoas sobre os processos, não podem representar a razão de ser e permanecer.
Com esta intencionalidade, preparamos com muito cuidado e carinho esse momento de ampliar a nossa comunicação, aqui denominado “Bate Bola”, a partir do compilado das dúvidas em nossos canais e redes sociais.
 
 
1) “Estamos preocupados com o comprometimento dos dias parados e a defasagem da aprendizagem do filho”
 
R: Além da preocupação com a saúde e segurança dos nossos estudantes, desde o início, nos preocupamos, também, em buscar alternativas, possíveis para o momento, quando também nós fomos arrebatados pela pandemia e todos os seus desdobramentos. Criamos um espaço de atividades remotas no site do colégio, garantindo o acesso dos estudantes e a continuidade do engajamento deles com os estudos.
 
 
2) “Dúvidas quanto à execução das atividades, se imprime, se o livro do Poliedro, adotado na série, será disponibilizado em PDF?”
 
As atividades disponibilizadas no site seguiram, inicialmente, o caráter revisional das habilidades trabalhadas nas aulas presenciais e, aos poucos,foi evoluindo para a chegada de novas, porém, sempre com o cuidado de fazer o movimento em espiral: retomar, ampliar e avançar. A orientação dada foi de que os registros poderiam ser feitos em cadernos, fichários e não era necessário imprimir. Quanto ao livro digital do Poliedro e o espaço HD Virtual, os acessos sempre foram através do Portal do Poliedro, já de conhecimento dos estudantes. Os estudantes que manifestaram dificuldades receberam orientação da equipe de atendimento remoto. Seguiremos com a mesma orientação de que as atividades orientadas sejam desenvolvidas e registradas em um caderno organizado para esse fim, na ausência dos cadernos utilizados normalmente. Não há necessidade de impressão e nem de copiar os comandos. Basta nomear as atividades, a referência dos materiais utilizados. Ex: Livro do Poliedro, Capítulo 3, Página 4; Atividade data XX/XX, de Língua Portuguesa.
 
 
3) “Há um posicionamento contrário ao acesso dos estudantes às atividades pelo computador, não concordantes com as atividades remotas.”
 
O Colégio sempre buscou o equilíbrio entre as estratégias de aprendizagens, valorizando a diversidade e as possibilidades de desenvolvimento das habilidades planejadas, visando melhor atender aos perfis dos estudantes. No entanto, a situação atual, quando nós, educadores, por força maior, não podemos contar com os estudantes na escola e, também nós, estamos com restrição social, a ferramenta tecnológica tornou-se uma aliada para encurtar as distâncias e permitir fazer o que escolhemos fazer: trabalhar com Educação, promovendo e mediando processos de aprendizagens. É importante perceber a tecnologia como ferramenta, os personagens principais dessa história continuam sendo os educadores e os estudantes, sendo os enredos construídos por eles.
 
 
4) “O colégio vai realizar videoaulas? Os professores vão disponibilizar as resoluções das atividades para casa? Vários colégios estão com a modalidade EAD e aulas remotas, o colégio irá fazer?”
 
A estratégia inicial das atividades remotas no site, conforme mencionado anteriormente, atenderam a uma demanda emergencial. Desde então, estivemos trabalhando na escolha e construção de uma ação que pudesse ampliar as possibilidades de trabalhos e trouxessem, prioritariamente, maiores possibilidades de interação com os estudantes e melhor organização didática das ações planejadas.
 Todas as questões apresentadas, bem como outras ainda não mencionadas, nos direciona para a decisão que tomamos: escolhemos uma plataforma de educação que nos permitirá a continuidade do trabalho junto aos estudantes, sem com isso colocá-los em risco e abrir mão da segurança e bem-estar de cada um deles. Esta plataforma, que será apresentada brevemente, oferecerá muitas possibilidades, porém, o diferencial continuará sendo a liderança dos nossos educadores e o reflexo de suas ações no crescimento dos nossos estudantes.
 
 
5) “Já tem um posicionamento da escola de quando retornarão às aulas?”
 
A definição da suspensão das aulas fez parte de um pacote de medidas preventivas, diante de um contingente de uma epidemia e para amenizar uma possível crise na saúde pública. O posicionamento da escola quanto a volta às aulas está associado às orientações do OMS – Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde brasileiro e às definições regulamentadas pelos decretos oficiais. Continuaremos mantendo as atualizações das informações em nosso site e em nossas redes sociais.
 
 
6) “As atividades realizadas via ferramentas digitais poderão ser contadas para o cumprimento do calendário? Os conteúdos poderão ser contados para as avaliações?”
 
Os Conselhos de Educação, Nacional e Estadual, regulamentaram algumas alterações em tempos de restrição social. Hoje temos como referência o cumprimento das 800h anuais, e foi relativizada a premissa dos 200 dias letivos. As ações realizadas através das ferramentas digitais poderão ser validadas como horas do calendário, bem como os conteúdos contados como parte dos processos pedagógicos, entre eles, a prática da avaliação e verificação de aprendizagem. 
Para o cumprimento das exigências previstas nas orientações, faremos o controle da participação dos alunos. Todas as unidades de ensino passarão pela regulamentação e validação deste plano de trabalho por órgãos fiscalizadores e regulamentadores da Educação.
 
 
7) Como será o processo avaliativo?
 
O sistema avaliativo, as formas de avaliação e outros processos que fazem parte da
arquitetura escolar estão interligados e dependem das discussões citadas anteriormente.
Fiquem tranquilos, partilharemos com vocês tão logo sejam validados.
 
 
8) “ Livros didáticos adotados e paradidáticos, serão mantidos?”
 
Todas as práticas iniciadas anteriormente a esse período de suspensão das aulasserão
retomadas e adaptadas ao ambiente digital de aprendizagem. O acesso e o trabalho com 
esses materiais e seus recursos digitais serão orientados pelo(a) professor(a), na 
plataforma de trabalho, nos próximos dias.
 
 
9) “Preciso colocar as crianças para estudar por quanto tempo diário?”
 
Nos próximos dias, com a divulgação da plataforma escolhida como ferramenta para o trabalho pedagógico, vocês terão acesso a um programa de estudo diário, com 
orientações de todo o processo: envio de atividades, registro de presença, tira-dúvidas, interação do(a) professor(a) respondendo às dúvidas ligadas às atividades orientadas. Serão dadas orientações de construção de rotinas de estudos.
 
 
10) “Como trabalharemos em casa com dois estudantes e com recursos de computadores restritos?”
 
Sugerimos que, a partir da orientação da rotina de cada estudante, a família possa buscar estratégias que possam garantir espaço para todos, alternando turnos e mesclando com a utilização dos materiais físicos e outras atividades que não dependem exclusivamente do computador. A plataforma poderá ser acessada também por celular e favorecerá o acompanhamento da rotina diária.
Acreditamos que será uma excelente oportunidade de vivenciarmos a partilha e o respeito ao espaço do outro.
 
 
11)“As atividades extras, como as escolinhas de esportes, retornaram quando terminar a restrição social?” 
 
A partir da orientação do Ministério da Saúde e das regulamentações oficiais liberando o retorno das atividades escolares, a intenção do colégio é, após discussão sobre a leitura de cenários, retomar todas as atividades extras oferecidas.
 
 
12) “Como nossos filhos serão preparados para o ENEM/2020?”
 
Compartilhamos com a preocupação apresentada e estaremos mobilizando todos os recursos para auxiliar os nossos estudantes nessa preparação. Enfatizamos que o ENEM representa uma avaliação externa das habilidades e competências que são assumidas com comprometimento no trabalho da nossa equipe de professores do colégio. Todas as estratégias serão adaptadas e redimensionadas para o contexto educacional que todos nós, educadores e os estudantes brasileiros estamos vivendo. 
 
 
Nomeamos 12 questões importantes para esclarecermos as dúvidas e ampliarmos o nosso diálogo. Continuaremos disponíveis nos canais de comunicação e nas redes sociais. A nossa abertura ao diálogo, a predisposição para lidar com as situações novas e principalmente a confiança e respeito aos profissionais da educação são fundamentais para o ambiente de tranquilidade e propício aos processos de aprendizagem.
 
Estamos todos aprendendo a lidar com essa situação que nos desafia a buscar novas estratégias, novos jeitos de viver, seja com a escola, com a família e com os demais grupos sociais. Estamos confiantes de que, embora sejam tempos desafiadores, sairemos melhores, aprenderemos com a adversidade.
 
Agradecemos a confiança e parceria e seguimos à disposição.